A humilhação de Cristo e a inconstância espiritual

+1 Estamos desfrutando de um momento de um aumento numérico de jovens e adolescentes cristãos no Brasil, mas este número não reflete “um avivamento” na nação, mas apenas diz sobre jovens que tiveram um momento de êxtase em algum culto ou celebração e resolveram agora andar com Cristo, aceitos da forma que são, mas o…

Continue lendo

Tudo novo, de novo

+2 Talvez temos buscado tanto ver Deus no extraordinário que nos esquecemos de vê-Lo no que é corriqueiro. Talvez estejamos enxergando apenas o que se tornou comum aos nossos olhos que temos esquecido do que contradiz todo o entendimento. Talvez o que julgamos saber sobre Deus tem nos limitado a servir ao deus fracionado que…

Continue lendo

O homem que Deus usa

0 Uma das evidências de um verdadeiro nascido do alto é o desejo de ser usado por Aquele que nos amou incondicionalmente. No entanto, que caminho devemos tomar para sermos usados por Deus? De certa forma, o clericalismo segregou o conceito simples de homem que Deus usa e o atribuiu a uma classe minoritária de privilegiados….

Continue lendo

Um chamado ao retorno.

+4 “E certa mulher que, havia doze anos, tinha um fluxo de sangue, E que havia padecido muito com muitos médicos, e despendido tudo quanto tinha, nada lhe aproveitando isso, antes indo a pior; Ouvindo falar de Jesus, veio por detrás, entre a multidão, e tocou na sua veste. Porque dizia: Se tão-somente tocar nas…

Continue lendo

Igreja como nós; nós como igreja

+2 O propósito deste texto é refletir sobre alguns aspectos que, acredito, passam desapercebidos por muitos. Quero ajudar a entender, não redigir uma teologia sistemática nem uma pesquisa exaustiva, mas discorrer sobre os assuntos que me chamam à atenção na hora da leitura das passagens. Neste momento, quero pensar sobre aspectos macro e microtextuais[1] que…

Continue lendo

Desista de ser discípulo do seu jeito: A adoração que Deus reprova.

+4 Hoje vemos uma aberração crescendo no meio dos cristãos brasileiros, conforme dados do IBGE muitos são cristãos e podemos dividi-los em duas classes: praticantes e não praticantes (se é que realmente existe cristão não praticante) mas daremos maior atenção para classe que se denomina “praticante”. Dentro da classe praticante existe uma classe que afirma…

Continue lendo