Tem dias…

Pv 4:23: “23–27 Vigie sempre os seus pensamentos: deles depende a sua vida! Não se distraia com conversas maldosas; evite a falsidade, mentiras e fofocas. Mantenha os olhos fixos à frente; não se distraia com coisas fúteis. Olhe sempre por onde anda, e que o chão onde pisar seja bem firme. Não olhe nem para a direita nem para a esquerda: e fique bem longe da maldade.”

Há dias em que a vida parece perder totalmente o brilho. Ocorre uma inexistência momentânea de sentido como se seu corpo se desintegrasse em meios aos átomos. A célula se aflige ao ponto de querer ir sozinha para lugar nenhum.

Imagine o céu como a extensão da sua alma e seus sentimentos como os passarinhos. As cidades como portais, a rua como a sensação de toque e o sentir como o pisar no chão.

Os sentimentos naturalmente são livres para ir aonde quiserem, mas assim como os passarinhos possuem ordenações naturais biológicas. Os sentimentos são presos em um padrão que varia de formas diferentes em cada individuo.

A tristeza é um portal e dentro dela vários gatilhos podem explodir. Não confunda tristeza com depressão, estar triste é um estado normal em todo ser humano. Pode durar dias e semanas com picos diferentes de intensidade, mas passa. Todos os dias sentimos coisas diferentes, varias no mesmo dia e ao mesmo tempo. Amor, raiva, desprezo, estresse tudo depende do seu ser em especifico. Já que temos noção que cada ser é um ser distinto, diferente dos outros. A tristeza por alguns é vista como doença, anormal. Por quê? Nossa sociedade vive em um disparate insaciável por felicidade, vale tudo nessa busca vale qualquer preço! Isso não é natural e tão pouco saudável. A tristeza incomoda, as pessoas não gostam de ver outras tristes é desconfortável.

As vezes até sentimos culpa por estar triste nós obrigamos a ficar feliz, negar esse sentimento. Existe um preconceito tamanho, sentimos culpa até mesmo de expor e ficar assim perto de amigos. Como qualquer sentimento sinta, entenda acima de tudo respeite a tristeza. Racionalize a razão dela sinta o chão! O que é a tristeza? É uma ausência de alegria ela nem é boa, nem ruim. Tudo depende da forma que você irá lidar com ela.

Conversar e partilhar com um bom amigo esse sentimento e o motivo também é super saudável, não há necessidade de carregar a dor sozinho. Caso você não tenha esse amigo, tente a pessoa mais próxima sabe aquela pessoa que tem empatia que ouve e você não a vê falando da vida dos outros? Tente ela, porque quem fala dos outros com certeza fala de você para os outros. Não confie e fale de seus problemas para qualquer um.

Outras alternativas como ouvir uma boa música, dar uma volta no parquê mesmo que não queira sair de casa, saia! Vai te fazer muito bem, não duvide. Reflita na vida, a atual condição do seu ser se a alma estiver bem consigo mesma ela estará bem diante de qualquer fator externo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *