Versos de Clamor #10

Pai,
Nesta manhã de ruídos surdos e turbulência quieta,
Ouço um clamor desesperado,
É o meu coração, Senhor,
O vi de joelhos, curvado, aos berros,
O vi guerreando consigo mesmo.

Pai,
Meu coração clama,
Meus olhos secam,
Meus passos encurtam,
Meu sorriso ofusca,

Senhor, Senhor!!!
Ouve-o, eu clamo,
Estenda-lhe Tuas mãos,
Quero, preciso, necessito estar mais perto de Ti,
Estar em Ti, vivendo por Ti.

Sim, Pai,
Eu sei, Senhor,
Sei que Tu És!
E isso me basta!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *