Messi, Cristiano Ronaldo, Federer e a prosperidade espiritual

Eu amo esportes, acredito que os esportes sejam um meio de ensinar a pessoas valores como compromisso, dedicação, respeito ao adversário, correr atrás dos seus objetivos, busca por uma vida mais saudável, dando um prazer natural ao corpo, redução de calorias, mas principalmente o mais atrativo para mim é o deleite por estar assistindo a algo técnico, encontrar formas de vencer o seu adversário observando as suas falhas, tentando corrigir os seus pontos fracos e tudo isso chega ao ápice de competitividade, alto rendimento físico,
psicológico e técnico, gerando um alto grau de satisfação para os expectadores.

Todo alto rendimento tem um preço, abdicar de coisas prazerosas como refrigerantes, hambúrgueres, frituras, açúcar, estar sendo consultado por nutricionistas, dormir cedo, ir à academia, entre outras exigências necessárias para obtenção da excelência.

Cito Cristiano Ronaldo e Messi pelo fato de eu ser desde criança um apaixonado por futebol. Sempre frequentei escolinhas de futebol, acordava cedo para jogar, 5 da manhã eu jogava dia de Domingo, acreditem; tentei crescer profissionalmente mas não obtive êxito. Cristiano Ronaldo e Messi monopolizam a briga pelo prêmio de melhor jogador do mundo há 10 anos, ou seja, quando a FIFA, entidade organizadora do prêmio de melhor do mundo, anuncia os candidatos ao melhor do mundo, eles estarão entre os premiados. Essa discussão é interessante pelo fato desse domínio não ter se dado pelo declínio técnico/físico dos seus concorrentes, pelo contrário, estes se mostram cada vez mais preparados em todos os aspectos, o que impressiona é que tanto Messi quanto CR7, como é conhecido, pelo fato de já estarem em um cenário de competição frenética, terem conseguido transformar os números de seus antecessores de bola de ouro, Kaká, Zidane, Ronaldo, em fumaça. Eles fazem muito mais gols, dão mais assistências e ainda por cima quase nunca se machucam.

Federer para a maioria dos especialistas no tênis é o maior atleta desse esporte de todos os tempos. O legal é o fato dele conseguir aliar a beleza, a plasticidade do jogo, o deleite de jogadas de efeito, jogadas que ” pagam o ingresso”, com competitividade. Federer teve a
contusão mais séria de sua carreira recentemente, muitos o davam como acabado para o tênis, mas pelo contrário, ainda conseguiu aprimorar algumas falhas no seu jogo.
Assim como estes grandes atletas precisam estar constantemente se aprimorando, fazendo esforços que outros não estão dispostos a fazer, ouvirem conselhos de pessoas competentes que irão faze-las enxergar aspectos do seu jogo que por elas somente não dariam conta, para crescermos espiritualmente também é necessário esforço, procurar melhorar seu rendimento e principalmente manter-se com a chama acesa de que muito mais difícil do que conquistar é manter a conquista. Alguns aspectos que mencionarei são:

1- Plantar hoje para o sucesso de amanhã

Disse também o Senhor a Moisés: Vai ao povo e purifica-o hoje e amanhã. Lavem eles as suas vestes e estejam prontos para o terceiro dia; porque no terceiro dia o Senhor, á vista de todo povo, descerá sobre o monte Sinai.” ( Êxodo 19:10-11)

Foi necessário para o povo Hebreu recém saído do Egito se purificar para receberem as bênçãos do Senhor. É como se o próprio Deus estivesse falando: ” Vocês não podem obter a minha bênção sujos com pecado, é necessário limparem-se”. As oportunidades são perdidas em nossas vidas porque não estamos preparados para recebê-la, estamos com as vestes sujas e como não sabemos quando e em que circunstância iremos receber alguma gratificação, devemos estar constantemente lavando as nossas vestes, nos santificando pois Deus honra o esforço e exige dos Seus filhos um padrão de conduta para crescerem em Sua graça.

2- Manter as conquistas para não desabar

É necessário para se manter no topo a mesma fome de manter as conquistas que a que tivemos para alcançar a vitória. Atletas de alto rendimento sabem que não podem viver de passado, o sucesso de ontem não garante o sucesso futuro, pelo contrário, nos tornamos alvos de estudo do adversário, ele tenta observar os nossos pontos fracos e se não nos dispusermos ter o espírito de aprender de um iniciante, será o começo do nosso fim.

Agora, pois, se diligentemente ouvirdes a minha voz e guardardes a minha aliança, então sereis a minha propriedade peculiar dentre todos os povos; porque toda a terra é minha; vós me sereis reino de sacerdotes e nação santa.” ( Êxodo 19:5-6)

Deus tinha aliança com os Israelitas, havia os abençoado com a saída do Egito e de tê-los tirado da servidão, mas enfatiza que é necessário guardar a Sua lei, é preciso a busca da presença de Deus para que sejam abençoados e cheguem à terra prometida. ” Sê fiel até a morte e dar-te-ei a coroa da vida.” ( Apocalipse 2:10)
No documentário sobre a vida e obra de Charles Spurgeon, mostra um homem no final da sua vida sofrendo com a gota, uma espécie de artrite, mas não murmura e ainda pede à sua mulher, Susanah para que esta leia o salmo do pastor, salmos 23, em seu leito de
enfermidade. É essa espécie de diligência, cuidado que Spurgeon tinha com as coisas de Deus, que o Senhor requer daqueles que conhecem a Sua palavra.

3- Recompensa perfeita

Todo atleta em tudo se domina;aqueles para alcançar uma coroa corruptível; nós,
porém, a incorruptível.” ( 1 Corintios 9:25)

Para ser um atleta vencedor, é preciso treinar com grande dedicação e fazer sacrifícios, mas essa conquista é corrruptível, nos tempos da Grécia Antiga era um ramo de flores, mas os servos de Deus estão em busca da coroa incorruptível, ou seja, esta vitória será eterna e
perfeita.
Sempre lembrando que vida espiritual, diferentemente da vida de atleta é necessária a intervenção do Espírito Santo par que nos mantenhamos de pé. É preciso que oremos no intuito de sempre nos colocarmos em espírito de dependência ao Senhor e de que não temos méritos em nossa salvação.

Ele enxugará dos seus olhos toda lágrima. Não haverá mais morte, nem tristeza, nem
choro, nem dor, pois a antiga ordem já passou” ( Apocalipse 21:4)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *