Review – Mestre Gil de Ham, de J.R.R. Tolkien

Antes de começar a escrever sobre a obra, já conto que terá Spoilers!

O autor desse livro é J.R.R.Tolkien, famoso por ter escrito O Senhor dos Anéis e o Hobbit. Chamado de pai da literatura fantástica, por sua imaginação em descrever terras dalém de nosso mundo, cujos habitantes são orcs, árvores falantes, anões, elfos, entre outros seres fantásticos… E tudo isso, sempre valorizando conceitos como amizade e bravura.

O livro começa narrando o cotidiano de um simples homem do campo de um pequeno reino da Grã- Bretanha chamado popularmente de mestre Gil. Tudo começa com a presença de um gigante muito abobalhado na região, este estava destruindo plantações, matando o gado, quebrando as cercas com seu jeito desastrado de andar. Garm, o cachorro de Gil, percebe a presença desse gigante e vai alertar ao seu dono – sim o cachorro fala! – sobre a presença dessa ameaça.

Mestre Gil reluta em acreditar no seu animal, mas decide agir com bravura e proteger o seu patrimônio. Ele pega seu bacamarte que estava na parede e carrega a arma com bastante pólvora e na larga boca do rifle, enfiou pregos velhos, cacos de louça, entre outros detritos. Meste Gil avista o gigante e mesmo morrendo de medo, atira. O disparo acerta no alvo e o engraçado é que o bobalhão confunde um dos objetos que atingiram o seu olho – um caco de bule – e o seu nariz – um grande prego – com a picada de inseto.

– Raios! – Disse o gigante, com seu jeito vulgar. – Fui picado! ( pg.17)

Após esse acontecimento, o gigante sai das terras em que morava o mestre Gil e a sua fama de ” matador de gigantes” se espalha pela região a tal ponto dele ser presenteado pelo rei: Uma carta assinada pelo mesmo com um cinto e uma longa espada.

O gigante já está muito distante das terras de Ham quando começa a falar deste lugar. Começa a espalhar que é uma terra riquíssima, com muito gado, macia para andar e principalmente, não há cavaleiros para protegê-los! Alguns dragões se interessaram pela prosa do gigante, mas somente um decidiu conhecer essas terras: O ambicioso Crysophilax Dives!

O dragão começa a se aproximar da região, espalhando medo aos moradores do povoado e até mesmo os cavaleiros do rei temiam tal fera. Adivinha para quem sobrou? Mestre Gil! Que sabendo da enrascada em que ele estava metido; tentou a todo custo se eximir da responsabilidade, mas não teve jeito; equipado com uma armadura e a espada Caudimordax, consegue derrotar a fera!

Para resumir a história, Mestre Gil é aclamado como herói nacional por ter derrotado o dragão; torna-se um homem muito rico, pois o dragão possuía muito ouro e fica conhecido pela sua generosidade com os moradores de Ham, ao contrário do rei que somente pensava em enriquecer às custas da miséria do povo.

 

Mestre Gil de Ham é um livro de aventura com personagens muito interessantes; tais como Garm, o cachorro, um animal muito fiel ao seu dono e que enxerga características nele as quais ninguém enxergaria; a égua, personalidade muito forte e o dragão Crysophilax, um ser bastante egoísta, avarento e que não inspira nenhuma confiança. Tolkien escreveu essa narrativa para o seu filho se divertir; cheia de cenas engraçadas e com uma trama envolvente, além de ser uma ótima leitura é garantia de boas risadas.

 

***

+info: Mestre Gil de Ham, de J.R.R.Tolkien / Título original: Farmer Giles of Ham / Publicado a primeira vez em 1949 / Edição lida: WMF Martins Fontes, 2012 / 104 páginas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *