A Blasfêmia contra o Espírito Santo

Você já ouviu falar do pecado imperdoável: A blasfêmia contra o Espírito Santo? Neste breve estudo, abordaremos um pouco sobre este tema!

Vejamos o polêmico trecho:

“Por isso, digo a vocês que todo pecado e blasfêmia serão perdoados aos homens; mas a blasfêmia contra o Espírito não será perdoadaMateus 12:31

No livro de Mateus capítulo 12, versículo 31, é relatado que todo pecado seria perdoado, até mesmo o pecado contra Jesus Cristo, entretanto, o único pecado que não seria e nem será perdoado é a blasfêmia contra o Espírito Santo.

A palavra blasfemar tem origem grega e quer dizer “falar mal”, “falar contra”, ou seja, blasfemar contra o Espírito Santo seria falar mal dessa pessoa da Trindade, criticá-la ou tratá-la de uma forma inadequada como se deve tratar a Deus, haja vista que o Espírito Santo é Deus, enviado pelo Pai e pelo Filho para efetivar a nossa salvação. Sendo assim, estaríamos criticando essa pessoa da Trindade que habita em nós, nos esclarece e ilumina, aquEle que nos convence do pecado, da justiça e do juízo, levando-nos à Deus. Por isso esse pecado é um pecado tão grave, uma vez que falar contra o Espírito é resistir contra aquEle que foi enviado da parte do Pai e do Filho para nos convencer do pecado e mostrar-nos que somente pelo Filho amado Jesus Cristo, o único caminho, é que podemos ser salvos.

O contexto em que Jesus diz isso é quando Ele realiza um fato que aos olhos dos fariseus era considerado extraordinário, sendo este fato a cura de um homem endemoniado que passou a ver e a falar. Então, os fariseus sem saber de onde vinha tamanho poder, indagaram que Jesus expulsava demônios pelo poder de belzebu! Ou seja, atribuíram tal poder há um poder satânico, quando na verdade era a obra do Espírito Santo, já que Jesus de fato era cheio do Espírito Santo como homem encarnado que era. Desta forma, não se tratava de uma afirmação descuidada, mas, os fariseus sabiam exatamente o que estavam afirmando, que infelizmente logo mais acarretaria em um castigo irreversível.

Muitas pessoas acreditam que blasfemaram em algum momento da sua vida contra o Espírito Santo. Em algumas igrejas é pregado por alguns “profetas” que não se pode questionar tais “profecias” pois viriam da parte do Espírito de Deus. No entanto, não é pecado questionarmos se tais atos vêm realmente da parte do Espírito, pois a própria palavra de Deus alerta-nos a examinarmos se tais ideias são da parte de profetas falsos ou não. Logo, se você cristão acredita que pode ter cometido este pecado por estes motivos, não se desespere, pois somente um crente de verdade estaria preocupado com isso, enquanto que alguém que realmente comete esse pecado, não dá mínima se o fez ou não.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *