Mães Intercessoras – Homens Norteados

Este texto, retoma uma série de postagens do perfil @Homens_Norteados, visando levar palavras e conteúdo também ao público feminino. Sendo este o primeiro post desta série, no ano de 2018, espero que deleitem-se e possam estar abertos as informações que serão repassadas aqui!

Mães Intercessoras é um pequeno livro com especificamente 107 páginas, adquirido na décima nona Consciência Cristã. Assim como falou muito ao meu coração, tenho certeza que falará ao seu, jovem leitora, sendo mamãe ou não, sendo casada ou não.

Hernandes Dias Lopes nos emociona a cada página folheada, ao retratar cada perfeito detalhe que uma mãe deve ter, mostrando-nos tamanha piedade, amor e mansidão em que devemos disciplinar os pequeninos nos caminhos do Senhor.

Abaixo apresento-vos um resumo a respeito do capítulo 06, intitulado “Deus está procurando mães que ousem ser guardas das fontes”:

Nesse capítulo, é exposto um pouco do pequeno livro de Peter Marshal: “Guarda das Fontes”. Esse livro narra a história de um personagem misterioso que vivia em uma floresta, perto de um vilarejo, no qual esse personagem todos os dias limpava as fontes, tirando-lhe o lodo, as folhas secas e o entulho, a fim de que na pequena vila que trazia felicidade e sorrisos para todos, jorrassem águas claras, puras e límpidas das fontes. Certo dia as autoridades do vilarejo decidem que seu trabalho é inútil e o retiram de seu cargo, substituindo-o por um reservatório de concreto, que fez a vila perder sua cor e seu ar puro e, as folhas que outrora eram apanhadas, começam então a apodrecer, o lodo toma conta, o entulho entope e assim polui o canal que a água passava. O voo das lindas borboletas sobre o encanto das flores vai embora, e a vila é tomada por um clima de tristeza. Encurtando um pouco a história, o personagem misterioso é contratado novamente e a vida explode cheia de encanto e graça no pequeno vilarejo.
Marshal se utiliza disso para afirmar que as mães e as futuras mamães são “Guardas das Fontes”, em uma sociedade que jorra águas lodacentas e contaminadas, em que os filhos são bombardeados todos os dias em seus diversos ambientes. Com base nisto queridas leitoras, percebemos o quanto devemos assumir responsabilidade ao pensarmos no desafio de sermos mães, nos preparando para sermos como as águias: protetoras, exemplares e disciplinadas.

Que nós mulheres tenhamos um coração que mesmo inclinado ao pecado, seja piedoso e misericordioso, guiando filhos e futuros filhos não só com ordens, deveres e afazeres, mas no temor e graça de Deus, orando por eles, sabendo que Deus usará de cada situação na vida deles para glorificar o seu santo nome e nos moldar de acordo com a sua vontade.

Salmo 127:
1
 Se o SENHOR não edificar a casa, em vão trabalham os que a edificam; se o SENHOR não guardar a cidade, em vão vigia a sentinela.

2 Inútil vos será levantar de madrugada, repousar tarde, comer o pão de dores, pois assim dá ele aos seus amados o sono.

3 Eis que os filhos são herança do Senhor, e o fruto do ventre o seu galardão.

4 Como flechas na mão de um homem poderoso, assim são os filhos da mocidade.

5 Bem-aventurado o homem que enche deles a sua aljava; não serão confundidos, mas falarão com os seus inimigos à porta.

E com o terceiro versículo do salmo 127 destacado, encerramos este breve devocional/resumo/reflexão baseado nesta belíssima obra do reverendo Hernandes Dias Lopes.

Breve Oração:

Senhor, soberano Tu és, Rei do universo, Te louvo e engrandeço, pois sei que nada sou; mas Tu és Todo Poderoso, de Ti e somente de Ti vem as palavras de vida eterna, então, sabendo que sou apenas mais uma pecadora, apenas mais uma serva que vivia no lamaçal do pecado, venho te agradecer. Agradeço pelo sacrifício pago por Teu Filho, Cristo, na cruz do calvário, que suportou a Tua ira, ira esta que deveria recair sobre cada um de nós. Obrigado misericordioso Pai. Te suplico Senhor, que cada família, representada por este leitor, que agora faz esta oração comigo, possa perceber o quão maravilhoso Tu és, e saber que a oração é fundamental, necessária e essencial em nossas vidas. Ensina-nos, meu Deus, a cumprir Teus desígnios sem questionar, a Te obedecer e Te honrar, Te amar pelo que És e não somente pelo que podes fazer. Desejo Pai, do fundo do meu coração, que venhamos a ser mães e pais segundo o Teu propósito, segundo o Teu coração, faz-nos sermos como “guardas das fontes”, cheios de amor por tua obra, amor pelo teu reino e amor pelas almas, especialmente dos nossos pequeninos estes que Tu nos confiastes, e esta é a nossa oração, no nome de Jesus. Amém.

Soli Deo Glória!

Sola Gratia!

Sigam @95appoficial e @Homens_Norteados!
Fiquem na paz!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *