Romanos 1

A carta de Romanos figura entre as principais cartas que Paulo escreveu em minha opinião. Do inicio ao fim, seus ensinamentos são de extrema profundidade e merecem todos os tipos de reflexões possíveis. Por isso, sempre que estudar os Romanos, trará um refrigero para alma.

CAP 1

1 vs – Paulo se apresenta como Servo. Para época, a palavra “servo” tinha conotação extremamente ruim, pois a escravidão era algo comum nos tempos de Jesus (vide Filemon). Por isso, quando Paulo se apresentou como servo, o colocou ligado a Cristo de tal forma que, tudo que ele fosse fazer estava ligado a Ele, e mais, por causa disso, ele se considerava alguém separado para viver e trabalhar sob o julgo do Evangelho.
Reflexões
Ser cristão nos tempos atuais requer muitas coisas, mas talvez o que muitos não imaginam é que ser cristão é deixar de ser escravo do mundo, e se tornar escravo de Deus. Até hoje a palavra escravidão tem um contexto negativo, porém, ser escravo de Cristo, ganhamos a nossa liberdade perante a um mundo complexo. Neste contexto, a escravidão em Cristo nos liberta da opressão/escravidão espiritual do mundo, e aqui faço uma ressalva: Pertencer a Cristo não impedirá de sofrer, mas te libertará para pensar que estar com Cristo, todos os problemas poderão ser superados. A Justiça de Cristo que é colocada em nossas vidas (mesmo de forma imerecida), nos protege em forma de conforto e milagres que nos conduzem na caminhada até Ele, de cabeça erguida com espírito forte e alegre.
Ser servo (ou escravo) de Cristo, é o nosso maior presente nesse mundo caído.
Um comentário Adicione o seu
  1. Realmente devemos lembrar que Cristo veio e se entregou por nós se fez servo em nosso lugar e sacrifício vivo pra que pudéssemos nos livrar da morte eterna, nada melhor então do que servo de Cristo e deixar de servo do mundo que só quer nossa ruína e destruição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *