O Amor e a lei…

 

Desde menino nesse caminhar de busca fui ensinado a andar na linha, ao centro do Caminho, e a nunca desviar o olhar dela. E, Se assim o fizesse, seria eu merecedor da Graça…

Hoje, creio que não há linha alguma capaz de nos fazer merecedor, pois o Seu Favor, a mim que não mereço, me faz ver o quão pó sou e que nem mesmo a maior das obras humanas nos faria galardoador de tamanha dádiva…

De nada sou digno e assim mesmo desfruto de tamanha Glória. A Glória faz de mim escravo do Seu Amor e não mais da lei…

Caminho não mais cabisbaixo  mirando a linha, mas de face erguida seguindo o Caminho, a Verdade e a Vida…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *