Oração como auto reconhecimento

Introdução

“Devemos julgar um homem mais  pelas suas peguntas do que por suas respostas”
– François Marie (Filoso Francês)

“Todo conhecimento é uma resta a uma pergunta”
– Gaston Bachelard (Filosofo e poeta Francês

“Quando a gente acha que tem todas as respostas, vem a vida e muda todas as perguntas”
– Luis Fernando Veríssimo (Escritor Brasileiro)

Todas essas frases tem algo em comum, que a pergunta é tão importante quanto a resposta.
Se uma pergunta foi feita errada, com certeza a resposta tambem será errada.

A pergunta errada sobre o assunto oração é “porque orar se deus sabe tudo que eu preciso?”.
Essa é uma pergunta errada e consequentemente teria uma resposta errada que poderia ser algo do tipo “porque a oração é um instrumento ou meio de informação a Deus”, e essa resposta seria absurda.
A pergunta correta seria “Na visão de Jesus, oração é um meio de informação?”
E a resposta para essa pergunta seria um simples e belo “NÃO”.

“Oração como auto reconhecimento”
Texto Base: Mateus 6:6
Mas quando você orar, vá para seu quarto, feche a porta e ore a seu Pai, que está no secreto. Então seu Pai, que vê no secreto, o recompensará.”

1º Vamos colocar o quarto como uma metáfora, e entender alguns pontos:
• Identidade
– Quando nascemos geralmente o primeiro lugar que vamos é para o quarto do hospital. Após estarmos em nossas casas, nossos pais nos colocam em nossos quartos para começarmos a criar uma identidade com algo que é “nosso”.

• Intimidade
– Geralmente é em nossos quartos que acontecem as conversar mais confidenciais. Nossos anseios, alegrias e tristezas geralmente, geralmente sempre acontecem em nosso quarto.

• Cura
– Quando estamos doentes, é sempre no quarto que ficamos para repouso e recuperação. Quando alguém sofre de depressão você raramente vê essa pessoa deitada em algum lugar que não seja em sua cama.

• Descanso
– Conseguimos dormir em qualquer lugar quando estamos cansados, no carro, na fila do banco, no trabalho, no banco da igreja (quem nunca deu uma cochilada na igreja que atire a primeira pedra rs), mas só conseguimos ter um real descanso em nosso quarto.

Podemos fazer uma comparação desses quatro tópicos com quatro anseios da alma.
• Identidade [quem sou eu?]
• Intimidade [quem é Deus em mim?]
• Cura [quais são as doenças?]
• Descanso [como posso descansar?]

• Identidade
– Em oração conseguimos nos descobrir, muitas vezes não conhecemos a nós mesmos, e em oração Deus nos revela quem nós realmente somos.

• Intimidade
– Em oração deus se revela a nós, através de nós. Passamos por alguns momentos em que não saberíamos como iriamos passar se não fosse Deus e seu infinito poder em nós, nos ajudando e nos sustentando.

• Cura
– Algumas vezes passamos por algumas doenças que só conseguimos enxergar os danos causados por ela, mas não conseguimos encontrar a raiz desse mal. E poder ser que essas vezes, essas doenças estejam impregnadas em nossa alma e para descobrimos isso só Deus nos mostrando e só Ele para nos curar desse mal.

• Descanso
– Encontramos nosso descanso e refrigério em Cristo, descanso para uma alma cansada e abatida, por muitas vezes lutar contra um pecado ou um vicio. Deus nos traz descanso e nele podemos repousar.

2º Como devemos orar sem vãs repetições?
• Palavra de Deus

Pois a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais afiada que qualquer espada de dois gumes; ela penetra ao ponto de dividir alma e espírito, juntas e medulas, e julga os pensamentos e intenções do coração.
Nada, em toda a criação, está oculto aos olhos de Deus. Tudo está descoberto e exposto diante dos olhos daquele a quem havemos de prestar contas.
Hebreus 4:12,13

– Leitura da palavra de Deus sempre em oração.

• Espirito Santo e Deus

Sonda-me, ó Deus, e conhece o meu coração; prova-me, e conhece as minhas inquietações.
Vê se em minha conduta algo que te ofende, e dirige-me pelo caminho eterno.
Salmos 139:23,24

Da mesma forma o Espírito nos ajuda em nossa fraqueza, pois não sabemos como orar, mas o próprio Espírito intercede por nós com gemidos inexprimíveis.
E aquele que sonda os corações conhece a intenção do Espírito, porque o Espírito intercede pelos santos de acordo com a vontade de Deus.
Romanos 8:26-27

– Converse com o Espirito Santo em todos os momentos, e quando não sabermos como orar Ele intercede por nós

• Povo de Deus

Cuidado, irmãos, para que nenhum de vocês tenha coração perverso e incrédulo, que se afaste do Deus vivo.
Pelo contrário, encorajem-se uns aos outros todos os dias, durante o tempo que se chama “hoje”, de modo que nenhum de vocês seja endurecido pelo engano do pecado,
Hebreus 3:12-13

Não deixemos de reunir-nos como igreja, segundo o costume de alguns, mas encorajemo-nos uns aos outros, ainda mais quando vocês vêem que se aproxima o Dia.
Hebreus 10:25

– Participe sempre da igreja em comunidade

Por fim.

Orem continuamente.
1 Tessalonicenses 5:17

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *